CRF-PA | Primeiro caso de ebola é confirmado no Senegal
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
5208
post-template-default,single,single-post,postid-5208,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,bridge-child,wpb-js-composer js-comp-ver-6.10.0,vc_responsive
 

Primeiro caso de ebola é confirmado no Senegal

Primeiro caso de ebola é confirmado no Senegal

O primeiro caso de ebola no Senegal foi confirmado nesta sexta-feira (29) pelo Ministério da Saúde do país, um importante centro para negócios na África.

Segundo a ministra Awa Marie Coll Seck, a doença foi confirmada em um cidadão da Guiné que foi ao país. A Guiné é um dos países afetados pela epidemia de ebola, que já matou mais de 1,5 mil pessoas desde março.

Nesta quinta-feira (28), a Organização Mundial da Saúde (OMS) advertiu  que o vírus do ebola poderá afetar até 20 mil pessoas, mas afirmou que espera deter o avanço da doença nos próximos três meses.

“O número total de casos de febre hemorrágica pelo vírus Ebola poderia superar 20 mil”, afirma a OMS, que, no entanto espera deter o aumento de novos casos em três meses e “deter qualquer transmissão residual em seis a nove meses”.

A agência de saúde da ONU divulgou um plano estratégico para combater o surto em quatro países da África Ocidental.

“Esse planejamento assume que em muitas áreas de intensa transmissão o número real de casos pode ser de duas a quatro vezes maiores do que o relatado atualmente. O plano reconhece que o número agregado de casos de Doença do Vírus Ebola pode ultrapassar os 20 mil no decorrer desta emergência”, disse a ONU.

Balanço da OMS sobre a epidemia de ebola aponta que 1.552 pessoas já morreram em decorrência da doença em quatro países africanos, de um total de 3.069 casos conhecidos.

 

Fonte: G1 Saúde

 

Nenhum comentário

Deixe um comentário