CRF-PA | OMS vai fazer consulta sobre potencial vacina contra o ebola
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
5220
post-template-default,single,single-post,postid-5220,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,bridge-child,wpb-js-composer js-comp-ver-6.10.0,vc_responsive
 

OMS vai fazer consulta sobre potencial vacina contra o ebola

OMS vai fazer consulta sobre potencial vacina contra o ebola

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou hoje (22) que vai fazer em setembro consulta sobre uma potencial vacina contra o ebola, já testada com “resultados promissores” em dois profissionais de saúde na Libéria.

Em nota, a agência da Organização das Nações Unidas destacou que, nos dias 4 e 5 de setembro, fará uma consulta sobre terapias e potenciais vacinas em Genebra, na Suíça, onde fica a sede da OMS.

“A consulta foi convocada para reunir conhecimentos sobre as terapias e vacinas experimentais mais promissoras e o seu papel na contenção do surto de ebola na África Ocidental”, ressaltou o comunicado

Segundo a organização, mais de 20 especialistas da África Ocidental são esperados na reunião. Ao todo, cerca de 100 peritos em saúde pretendem discutir as mais recentes pesquisas sobre o ebola, bem como questões éticas, legais e regulamentares em torno da doença.Várias vacinas contra o ebola estão sendo testadas, incluindo um tratamento promissor, o ZMapp, que, segundo a OMS, já está esgotado. Recentemente, o medicamento foi testado em norte-americanos infectados na África, após terem sido obtido bons resultados em testes com macacos.

O encontro deve discutir ainda os desafios de países afetados pela epidemia e tentar encontrar consenso sobre as novas formas de combater a doença, que já matou mais de 1.200 pessoas na África Ocidental.

De acordo com a organização, autoridades de saúde na Libéria informaram que dois médicos e um enfermeiro estão atualmente recebendo uma vacina experimental. “O enfermeiro e um dos médicos registraram progressos. O quadro clínico do segundo médico é sério, mas registrou ligeira melhora”, destacou.

Há alguns dias, o diretor do Departamento de Vacinas e Imunização da OMS, Jean-Marie Okwo Bele, adiantou que uma vacina preventiva contra o ebola deverá passar para a fase de testes clínicos em setembro e poderá estar disponível em 2015.

Fonte: Agência Brasil.

Nenhum comentário

Deixe um comentário