Cuidado Farmacêutico no SUS - Capacitação em Serviços — CRF-PA
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
3361
post-template-default,single,single-post,postid-3361,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive
 

Cuidado Farmacêutico no SUS – Capacitação em Serviços

Cuidado Farmacêutico no SUS – Capacitação em Serviços

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) convida os profissionais da área a participar do projeto “Cuidado Farmacêutico no Sistema Único de Saúde (SUS) – Capacitação em Serviços”. A oportunidade de qualificação foi elaborada pelo Grupo de Trabalho sobre saúde pública/CFF, sob a coordenação geral do vice-presidente do CFF, Dr. Valmir de Santi, e receberá inscrições entre os dias 1º e 28 de abril. 

O desafio é ampliar a participação do farmacêutico no SUS e harmonizar termos, conceitos e processos de trabalho relacionados à atuação clínica desse profissional. “O objetivo é fazer com que os profissionais que participarem conheçam, compreendam e apliquem o raciocínio clínico, no sentido de aprimorar o cuidado farmacêutico no âmbito do SUS”, destaca Valmir de Santi.

A metodologia desenvolvida permite ao CFF, por meio dos conselhos Regionais, reunir dezenas de farmacêuticos nos municípios e implantar os cuidados farmacêuticos em sua cidade, com o acompanhamento de tutores que darão consultoria após o curso.

Para o presidente do CFF, Dr. Walter Jorge João, com a realização desse projeto, que demandará ao todo 11 meses de trabalho, o CFF terá condições de acompanhar o desenvolvimento da assistência farmacêutica nos municípios brasileiros, oferecendo todo o apoio necessário. “O custo-benefício disso, para o CFF, é muito interessante, e para o farmacêutico, uma chance de participar de um projeto desburocratizado, intermediado pelo CRF da sua região, e conseguir implantar o cuidado farmacêutico, tornando este profissional muito mais útil para a sua região, já que muitos farmacêuticos, que atuam no SUS, sentem-se subutilizados em funções administrativas”, explica o presidente.

A capacitação terá carga horária total de 80 horas, distribuídas em cinco módulos presenciais de 16 horas, que serão ministrados a cada 15 dias. O projeto prevê a criação de 14 centros de formação, em 2017, para atender cerca de 300 municípios com a capacitação e a implantação de serviços de cuidados farmacêuticos nos postos de saúde do SUS.

Para ingressar no projeto, o farmacêutico deve, obrigatoriamente:

– Estar inscrito no curso “Prescrição Farmacêutica no Manejo de Problemas de Saúde Autolimitados”, constante na plataforma do Programa de Suporte Farmacêutico na Atenção à Saúde (Profar), disponível gratuitamente no endereço https://profar-cff.org.br, ou já possuir o certificado de conclusão deste curso;

– Ter vínculo formal com o município.

 

ATENÇÃO!


Confira aqui os critérios para seleção e saiba como participar.

Caso tenha dúvidas,  clique aqui.

Confira o passo a passo para fazer sua inscrição, clique aqui.

Caso atenda aos critérios, preencha o formulário de inscrição.


Texto: Conselho Federal de Farmácia

Nenhum comentário

Deixe um comentário