CRF-PA realiza Farmacêutico Pai D’Égua em Castanhal — CRF-PA
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
12809
post-template-default,single,single-post,postid-12809,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

CRF-PA realiza Farmacêutico Pai D’Égua em Castanhal

Pelo segundo ano consecutivo o Conselho Regional de Farmácia do Pará (CRF-PA) aceitou o desafio de levar o Farmacêutico Pai D’Égua para Castanhal durante os nove dias da Exposição e Feira Agropecuária de Castanhal (Expofac) – maior evento de agronegócios da região Norte!

Entre os dias 7 e 15 de Setembro o público que participou da feira recebeu atendimentos farmacêuticos gratuitos, como testes rápidos de Hepatite B e C, Sífilis, aferição de pressão, índice glicêmico, procedimentos estéticos e orientação no que diz respeito ao descarte correto de medicamentos.

Além disso, quem estivesse com medicamentos vencidos e/ou desuso em casa pôde levar à feira para descarte correto e trocar por brindes exclusivos! O Farmacêutico Pai D’Égua contou com a participação de farmacêuticos e acadêmicos de farmácia voluntários para a realização dos serviços, entre eles, o estudante Antônio Borges que acredita que o projeto é importante para a construção da experiência profissional dos acadêmicos. “Posso dizer que é o primeiro passo, onde saímos da teoria para a prática, e isso, só sente, quem participa, se envolve de forma efetiva, contribuindo para a formação acadêmica”, explica o aluno.

Antônio ainda comenta que a ação é essencial para que os estudantes aprendam a lidar com os pacientes: “teve trabalho coletivo, principalmente em equipe, com vários profissionais farmacêuticos nos apoiando e orientando e, diga-se de passagem, excelentes profissionais. O CRF-PA está de parabéns por poder proporcionar momentos como este aos acadêmicos de diversos níveis de formação do curso de farmácia”, concluiu.

Já para a farmacêutica Luana Paixão, o Farmacêutico Pai D’Égua foi uma experiência única: “muito gratificante em poder mostrar ao público que visita a Expofac a importância e o papel do farmacêutico na sociedade, sem falar na conscientização quanto ao descarte de medicamentos. Temos sim que mostrar cada vez mais o papel que o farmacêutico ocupa na sociedade! Orgulho de ser farmacêutica pai d’égua!”, enfatizou.

O Farmacêutico Pai D’Égua em Castanhal arrecadou mais de 20kg de medicamentos vencidos e/ou em desuso e realizou cerca de 3 mil atendimentos – números inigualáveis para o segundo ano de ação na cidade!

Nenhum comentário

Deixe um comentário