CRF-PA | Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram o abaixo-assinado da campanha Sem imposto, tem remédio
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
6402
post-template-default,single,single-post,postid-6402,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,bridge-child,wpb-js-composer js-comp-ver-6.10.0,vc_responsive
 

Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram o abaixo-assinado da campanha Sem imposto, tem remédio

Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram o abaixo-assinado da campanha Sem imposto, tem remédio

A campanha Sem Imposto, tem remédio, uma parceria da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) e da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), lançada em 1º de outubro, continua coletando assinaturas em seis mil farmácias de todo o país e no site Avaaz.

Desde então, quase três milhões de pessoas já aderiram à campanha e deixaram seus nomes registrados tanto nos cadernos disponíveis para o abaixo-assinado nas farmácias, como na petição online.

O abaixo-assinado será encaminhado à Presidência da República e ao Congresso Nacional para registrar a insatisfação dos usuários de medicamentos com a situação atual e reforçar a atuação da Frente Parlamentar da Câmara dos Deputados pela desoneração de impostos em medicamentos.

Com alíquotas de 34%, sendo de 17% a 19% de ICMS, o Brasil é um dos campeões mundiais em tributação sobre remédios. “O consumidor paga imposto como se estivesse adquirindo um bem supérfluo, incompatível com sua renda econômica. E muitos chegam a interromper o tratamento de saúde por falta de condições para arcar com os custos do medicamento”, comenta Sérgio Mena Barreto, presidente-executivo da Abrafarma.

Atualmente cerca de 70% dos remédios consumidos pelos brasileiros são pagos do próprio bolso. “Por ser um mercado regulado pelo governo, se hoje os medicamentos fossem livres de tributação, ficariam imediatamente cerca de 30% mais baratos para o consumidor final”, explica Antônio Britto, presidente-executivo da Interfarma.

Para reforçar a campanha, as entidades desenvolveram o hotsite www.semimpostotemremedio.com.br, que concentra o vídeo da campanha e informações de interesse para o consumidor, além de páginas no Twitter (@semimposto) e Facebook (/semimpostotemremedio).

 

Fonte: Paranashop

Nenhum comentário

Deixe um comentário

 

Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram o abaixo-assinado da campanha Sem imposto, tem remédio

Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram o abaixo-assinado da campanha Sem imposto, tem remédio

A campanha Sem Imposto, tem remédio, uma parceria da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) e da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), lançada em 1º de outubro, continua coletando assinaturas em seis mil farmácias de todo o país e no site Avaaz.

Desde então, quase três milhões de pessoas já aderiram à campanha e deixaram seus nomes registrados tanto nos cadernos disponíveis para o abaixo-assinado nas farmácias, como na petição online.

O abaixo-assinado será encaminhado à Presidência da República e ao Congresso Nacional para registrar a insatisfação dos usuários de medicamentos com a situação atual e reforçar a atuação da Frente Parlamentar da Câmara dos Deputados pela desoneração de impostos em medicamentos.

Com alíquotas de 34%, sendo de 17% a 19% de ICMS, o Brasil é um dos campeões mundiais em tributação sobre remédios. “O consumidor paga imposto como se estivesse adquirindo um bem supérfluo, incompatível com sua renda econômica. E muitos chegam a interromper o tratamento de saúde por falta de condições para arcar com os custos do medicamento”, comenta Sérgio Mena Barreto, presidente-executivo da Abrafarma.

Atualmente cerca de 70% dos remédios consumidos pelos brasileiros são pagos do próprio bolso. “Por ser um mercado regulado pelo governo, se hoje os medicamentos fossem livres de tributação, ficariam imediatamente cerca de 30% mais baratos para o consumidor final”, explica Antônio Britto, presidente-executivo da Interfarma.

Para reforçar a campanha, as entidades desenvolveram o hotsite www.semimpostotemremedio.com.br, que concentra o vídeo da campanha e informações de interesse para o consumidor, além de páginas no Twitter (@semimposto) e Facebook (/semimpostotemremedio).

 

Fonte: Paranashop

Nenhum comentário

Deixe um comentário