II CBFC: Um congresso para mudar a sua farmácia e a sua carreira — CRF-PA
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
4133
post-template-default,single,single-post,postid-4133,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive
 

II CBFC: Um congresso para mudar a sua farmácia e a sua carreira

II CBFC: Um congresso para mudar a sua farmácia e a sua carreira

(Para se inscrever, acesse migre.me/r2czY)

Concorrência, saturação do mercado de trabalho, desvalorização profissional e, ainda, por cima, turbulências na economia do País. O cenário atual para as farmácias comunitárias e para os farmacêuticos que atuam nesses estabelecimentos não é dos mais animadores, certo? Errado. Esse é o lado meio vazio do copo. Quem decidiu enxergar o lado meio cheio, nunca viu um futuro tão promissor. E é isso que o II Congresso Brasileiro de Farmácia Comunitária irá mostrar aos cerca de mil profissionais brasileiros e de países como Portugal, Argentina e Paraguai que se reunirão entre 10 e 12 de setembro, em Foz do Iguaçu (PR). Além desse “empurrãozinho” nos negócios e na carreira, um dos participantes ainda sairá do congresso dirigindo um Fiat Palio zero km. O carro será sorteado no último dia do evento.

Com o tema “Farmácia e Farmacêuticos: Novos Rumos, Novos Desafios”, o II CBFC debaterá sobre o vigoroso e inédito de autotransformação vivenciado pela Farmácia e que foi desencadeado por alguns fatos recentes, importantes: a publicação, em 2013, pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), das resoluções nº 585, que regulamentou as atribuições clínicas do farmacêutico, e nº 586, que regula a prescrição farmacêutica no Brasil, e a aprovação da Lei 13.021/14, que transforma as farmácias e drogarias em unidades de assistência à saúde e consolida a autoridade técnica do farmacêutico nestes estabelecimentos. Mais do que isso, o evento demonstrará a receita de um novo modelo de farmácia, que tem contribuído para que o setor se mantenha resistente à crise.

Números – Segundo levantamento feito pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) e divulgado pelo jornal Valor Econômico, a venda de medicamentos no varejo cresceu 12,34% no primeiro semestre, em relação ao mesmo período do ano passado, somando R$ 10 bilhões. Reportagem publicada pelo jornal O Povo, de Fortaleza (CE) informa que a expectativa para 2015 é que o mercado nacional farmacêutico de varejo cresça 8%, de acordo com Maurício Filizola, farmacêutico, vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE).

Outra reportagem publicada pelo Valor Econômico, sobre estudo inédito do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), informa que as vendas do varejo farmacêutico devem alcançar R$ 54,18 bilhões em 2015, 3,35 bilhões a mais do que os R$ 50,83 bilhões arrecadados no ano passado. “As redes vêm ampliando os negócios, especialmente no Nordeste e Centro-Oeste, com abertura de novos pontos de venda”, aponta o levantamento do IBPT, segundo o qual existem 103 mil farmácias e drogarias (matrizes e filiais) no país.

Nova farmácia – Com uma programação que inclui 13 minicursos e 8 workshops com forte componente de atuação prática e 12 palestras, além de debates, mesas redondas, painel e casos de sucesso como o da Farmácia Rivadavia (Argentina) e de uma farmácia de São Paulo que conta com trabalho multiprofissional, home care e o apoio de médicos e hospitais como AC Camargo, AACD e Hospital das Clínicas, o II CBFC detalhará, por meio da experiência de professores e palestrantes que já atuam na área, como pode se dar a atuação clínica do farmacêutico na provisão de diferentes serviços e procedimentos. Entre os serviços que podem ser ofertados nos consultórios farmacêuticos, na própria farmácia ou desvinculados dela, estão educação em saúde, rastreamento em saúde, acompanhamento farmacoterapêutico e revisão da farmacoterapia. Entre os procedimentos, aferição de pressão arterial, dosagem de glicemia e vacinação.

O II Congresso Brasileiro de Farmácia Comunitária ocorre simultaneamente a outros três importantes eventos. No dia 11, palestrantes do II Seminário Paranaense de Farmacêuticos, abordarão temas como o mercado farmacêutico após a Lei º 13021/14 e a aplicação de vacinas em farmácias. O encontro também apresentará experiências de sucesso envolvendo a atuação farmacêutica na área clínica. 

No dia 12, sábado, durante o III Encontro Nacional de Proprietários e Gestores de Empresas Farmacêuticas, os participantes terão um dia inteiro dedicado às técnicas e aos protocolos que de fato propiciam resultados palpáveis para o negócio farma, e representam novas oportunidades de crescimento para o farmacêutico. Uma rodada de negócios promovida durante a III Feira Farmaproporcionará descontos promocionais muito atrativos para quem fechar seus pedidos durante o congresso.

No II Simpósio Luso-Brasileiro de Farmácia, também no dia 12, palestrantes do Canadá e Inglaterra demonstrarão como funciona a prescrição e a atuação clínica do farmacêutico nestes países. Conferencistas de Portugal descreverão a experiência do País, onde as farmácias são exclusivas de farmacêuticos.

Prêmios para trabalhos – Além do carro zero km, o congresso ainda concederá R$5 mil em prêmios para os três melhores trabalhos científicos.  Serão R$2.500,00 para o 1º lugar, R$1.500,00 para o 2º e R$1.000,00 para o 3º. Quem tem interesse em concorrer, deve se apressar. As inscrições se encerram no dia 20 de agosto. Os trabalhos devem ser enviados para[email protected]. Para conferir as regras do concurso acesse migre.me/r81fK.

Programação social – Serão três dias de congresso, mas também serão três dias de festa. A programação social preparada pelos organizadores começa, no dia 10, com uma noite country em uma das mais badaladas casas noturnas de Foz, a Woods. No dia 11, a balada sertaneja cede espaço para uma noite romântica, que vai fazer com que os congressistas se sintam em Veneza. A partir das 20 horas será realizado um jantar dançante com baile de máscaras no restaurante Porto Kattamaram e show de luzes da barragem da Usina de Itaipu. No dia 12, para fechar a programação, um happy hour com chopp a vontade e o sorteio do super prêmio do congresso, o carro zero km.

Apoios e parcerias – O II CBFC tem o apoio do Conselho Federal de Farmácia (CFF), do Conselho Regional de Farmácia do Paraná (CRF-PR) e da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, e a parceria dos conselhos regionais de Farmácia do Mato Grosso do Sul (CRF-MS) e de Santa Catarina (CRF-SC), do IguassuConventions&Visitors Bureau e da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag). O patrocínio é da Farmácias Nissei.  

Nenhum comentário

Deixe um comentário