CRF-PA | Farmacopeia define novos lotes de Substâncias Químicas de Referência.
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
6988
post-template-default,single,single-post,postid-6988,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,bridge-child,wpb-js-composer js-comp-ver-6.10.0,vc_responsive
 

Farmacopeia define novos lotes de Substâncias Químicas de Referência.

Farmacopeia define novos lotes de Substâncias Químicas de Referência.

Foi publicada no dia 07.01, a Resolução da Diretoria Colegiada da Anvisa, RDC Nº 01/2013, que dispõe sobre a oficialização de novos lotes de Substâncias Químicas de Referência (SQR) da Farmacopeia Brasileira. As SQR são materiais de referência utilizados na avaliação da conformidade dos insumos farmacêuticos e dos medicamentos, requeridos pelas Farmacopeias e utilizados como referência de controle de qualidade nacional.

Foram estabelecidos oito novos lotes de SQR da Farmacopeia Brasileira: ampicilina (lote 3006), cloridrato de diltiazem (lote 2024), cloridrato de prometazina (lote 1070), fenobarbital (lote 1066), ibuprofeno (lote 1068), isoniazida (lote 1067), maleato de enalapril (lote 2029) e praziquantel (lote 1069).

A ação faz parte de um projeto da Farmacopeia Brasileira que prevê o estabelecimento de 121 novos lotes de SQR no período de 2011-2014. Desde 2011, já foram estabelecidos 20 novos lotes de Substâncias Químicas de Referência e 12 encontram-se em fase final de estabelecimento.

O estabelecimento de SQR produzidas no Brasil confere mais agilidade na disponibilização destes produtos, diminuindo custos e facilitando o acesso na aquisição dessas substâncias, gerando, consequentemente, menos dependência externa do país.

É da responsabilidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS-Fiocruz) a distribuição oficial dessas Substâncias da Farmacopeia Brasileira. Cada frasco de SQR, contendo 400mg, custa R$ 340,00.

É possível obter informações sobre como adquirir as SQR da Farmacopeia Brasileira no endereço eletrônico: http://www.incqs.fiocruz.br > Produtos e Serviços > Substâncias Químicas de Referência.

 

Fonte: Anvisa

 

Nenhum comentário

Deixe um comentário

 

Farmacopeia define novos lotes de Substâncias Químicas de Referência.

Farmacopeia define novos lotes de Substâncias Químicas de Referência

A Anvisa publicou, na última sexta-feira (31/8), a RDC Nº 46/2012, que dispõe sobre oficialização de novos lotes de Substâncias Químicas de Referência (SQR) da Farmacopeia Brasileira. As SQR são materiais de referência utilizados na avaliação da conformidade dos insumos farmacêuticos e dos medicamentos, utilizados como referência de controle de qualidade nacional.

Foram estabelecidos pela Farmacopeia Brasileira 12 novos lotes de SQR: amoxicilina (lote 2022), bromazepam (lote 2042), cefadroxila (lote 2051), cetoconazol (lote 2033), claritromicina (lote 3052), diazepam (lote 2044), diclofenaco potássico (lote 2053), lamivudina (lote 1064), nifedipino (lote 2025), nimesulida (lote 2049), piroxicam (lote 1065) e prednisona (lote 2037).

O estabelecimento de SQR produzidas no Brasil confere maior agilidade na disponibilização destes produtos, diminuindo custos e facilitando o acesso na aquisição dessas substâncias, consequentemente, gerando menos dependência externa do país. A ação faz parte de um projeto da Farmacopeia Brasileira que prevê o estabelecimento de 121 novos lotes de SQR até o ano de 2014. 

É da responsabilidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) a distribuição oficial das Substâncias Químicas de Referência Certificadas da Farmacopeia Brasileira. Cada frasco de SQR, contendo 400mg, é vendido a R$ 340,00.

Para obter mais informações sobre como adquirir as SQR da Farmacopeia Brasileira, acesse  o endereço eletrônico: http://www.incqs.fiocruz.br > Produtos e Serviços > Substâncias Químicas de Referência.

Fonte: Imprensa/Anvisa

Nenhum comentário

Deixe um comentário