CRF-PA | CFF recebe relatos de experiências exitosas de farmacêuticos que atuam na saúde pública
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
5472
post-template-default,single,single-post,postid-5472,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,bridge-child,wpb-js-composer js-comp-ver-6.10.0,vc_responsive
 

CFF recebe relatos de experiências exitosas de farmacêuticos que atuam na saúde pública

CFF recebe relatos de experiências exitosas de farmacêuticos que atuam na saúde pública

Com o objetivo de comprovar a importância da atuação do farmacêutico nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), o Conselho Federal de Farmácia (CFF) iniciou, no último dia (25.03) a fase de recebimento dos relatos de iniciativas bem sucedidas de farmacêuticos que, com o seu trabalho, melhoraram os serviços de saúde em sua região ou localidade de atuação. Os relatos serão selecionados por um Grupo de Trabalho formado por especialistas e pela Comissão de Saúde Pública do CFF e depois publicados na segunda edição da revista Experiências Exitosas de Farmacêuticos no SUS.

A primeira edição foi lançada em agosto de 2013, durante o XIX Congresso Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), em Brasília, com o relato de 28 iniciativas bem sucedidas em municípios das cinco regiões do País.

“A intenção do CFF com a publicação é dar conhecimento, aos farmacêuticos e à sociedade, de projetos que apresentaram bons resultados e que, comprovadamente, mostrem a importância da atuação do farmacêutico no SUS. A proposta é incentivar a prática da Assistência Farmacêutica de qualidade para o cidadão, usuário da rede pública, e que, ao mesmo tempo, valorize o profissional”, comenta Valmir de Santi, Vice-presidente do CFF.

Aatuação do farmacêutico no SUS envolve a gestão de medicamentos em todas as etapas da cadeia produtiva, a conservação e controle de qualidade, a segurança e a eficácia terapêutica, o acompanhamento e a avaliação da utilização e a educação permanente dos profissionais da saúde, do paciente e da comunidade em geral. “É preciso reconhecer que o farmacêutico é essencial nos serviços públicos de saúde. Sua presença garante a informação ao paciente quanto ao uso correto de medicamentos e pode promover economia aos cofres públicos. O objetivo do CFF é dar publicidade à farmacêuticos que, com os seus serviços, souberam melhor a saúde da população de um município, estado,” afirma o Presidente do CFF, Walter Jorge João.

Assim como na primeira edição, a intenção é que a publicação sirva de referência para a organização da assistência farmacêutica nos municípios. “Temos inúmeros exemplos de municípios que conseguiram organizar a assistência e valorizar o farmacêutico, mas temos poucos registros”, completa o dirigente.

Clique aqui e envie o seu relato

Fonte: CFF 

Nenhum comentário

Deixe um comentário

 

CFF recebe relatos de experiências exitosas de farmacêuticos que atuam na saúde pública

CFF recebe relatos de experiências exitosas de farmacêuticos que atuam na saúde pública

Com o objetivo de comprovar a importância da atuação do farmacêutico nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), o Conselho Federal de Farmácia (CFF) iniciou, no último dia (25.03) a fase de recebimento dos relatos de iniciativas bem sucedidas de farmacêuticos que, com o seu trabalho, melhoraram os serviços de saúde em sua região ou localidade de atuação. Os relatos serão selecionados por um Grupo de Trabalho formado por especialistas e pela Comissão de Saúde Pública do CFF e depois publicados na segunda edição da revista Experiências Exitosas de Farmacêuticos no SUS.

A primeira edição foi lançada em agosto de 2013, durante o XIX Congresso Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), em Brasília, com o relato de 28 iniciativas bem sucedidas em municípios das cinco regiões do País.

“A intenção do CFF com a publicação é dar conhecimento, aos farmacêuticos e à sociedade, de projetos que apresentaram bons resultados e que, comprovadamente, mostrem a importância da atuação do farmacêutico no SUS. A proposta é incentivar a prática da Assistência Farmacêutica de qualidade para o cidadão, usuário da rede pública, e que, ao mesmo tempo, valorize o profissional”, comenta Valmir de Santi, Vice-presidente do CFF.

Aatuação do farmacêutico no SUS envolve a gestão de medicamentos em todas as etapas da cadeia produtiva, a conservação e controle de qualidade, a segurança e a eficácia terapêutica, o acompanhamento e a avaliação da utilização e a educação permanente dos profissionais da saúde, do paciente e da comunidade em geral. “É preciso reconhecer que o farmacêutico é essencial nos serviços públicos de saúde. Sua presença garante a informação ao paciente quanto ao uso correto de medicamentos e pode promover economia aos cofres públicos. O objetivo do CFF é dar publicidade à farmacêuticos que, com os seus serviços, souberam melhor a saúde da população de um município, estado,” afirma o Presidente do CFF, Walter Jorge João.

Assim como na primeira edição, a intenção é que a publicação sirva de referência para a organização da assistência farmacêutica nos municípios. “Temos inúmeros exemplos de municípios que conseguiram organizar a assistência e valorizar o farmacêutico, mas temos poucos registros”, completa o dirigente.

Clique aqui e envie o seu relato

Fonte: CFF 

Nenhum comentário

Deixe um comentário