CRF-PA | Anvisa suspende lote de dipirona sódica com medicamento errado
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
4778
post-template-default,single,single-post,postid-4778,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,bridge-child,wpb-js-composer js-comp-ver-6.10.0,vc_responsive
 

Anvisa suspende lote de dipirona sódica com medicamento errado

Anvisa suspende lote de dipirona sódica com medicamento errado

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou nesta sexta-feira (9) a suspensão do uso e venda de um lote de dipirona sódica fabricado pela empresa Mariol Industrial Ltda. O medicamento, genérico, é indicado para febre e dores de cabeça.

Segundo a Anvisa, a medida ocorre após ser encontrado, dentro das embalagens de dipirona sódica, um outro medicamento genérico -o cloridrato de metoclopramida, que é indicado para náuseas, refluxo e vômito.

O problema foi detectado no lote 140763B do medicamento de 500 mg/ml fabricado pela empresa. Na caixa, porém, havia o cloridrato de metoclopramida de 4 mg/ml, com o mesmo número de lote.

Após receber reclamações e perceber a troca, Mariol Industrial iniciou o recolhimento voluntário dos medicamentos no dia 15 de dezembro, de acordo com o Diário Oficial da União. O estoque ainda existente no mercado deve ser recolhido.

Procurada, a empresa informa que deve finalizar o recolhimento do produto até o fim deste mês. Em comunicado divulgado em seu site, a Mariol pede que os clientes suspendam imediatamente a utilização do produto e entrem em contato pelo telefone 0800-7748582. A empresa diz ainda que o motivo da troca dos medicamentos está sendo investigado.

Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum comentário

Deixe um comentário