CRF-PA | Anvisa suspende distribuição e comercialização de medicamento anticonvulsivante
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
4719
post-template-default,single,single-post,postid-4719,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,bridge-child,wpb-js-composer js-comp-ver-6.10.0,vc_responsive
 

Anvisa suspende distribuição e comercialização de medicamento anticonvulsivante

Anvisa suspende distribuição e comercialização de medicamento anticonvulsivante

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu hoje (30), em todo território nacional, a distribuição, comercialização e uso do medicamento Carbamazepina 20 mg/ml. Publicada no Diário Oficial da União, a medida é referente ao lote 1081/132, com validade até setembro deste ano.

A carbamazepina é um medicamento anticonvulsivante, indicado para diversas doenças, como epilepsia, transtorno bipolar e abstinência alcoólica, entre outras.

De acordo com a Anvisa, o recolhimento do medicamento ocorreu em razão de um laudo de análise fiscal emitido pelo Laboratório Central do Estado do Rio Grande do Sul. A análise obteve resultado insatisfatório, por apresentar sedimento de cor branca que não se dispersa, mesmo sob forte agitação.

A agência explicou que o medicamento é uma suspensão oral. Nesse tipo de medicamento, o pó deve ser ressuspenso no liquido após agitação, formando uma suspensão homogênea antes da administração. No medicamento analisado, mesmo após forte agitação, o pó não ressuspendia, permanecendo no fundo do frasco.

A Anvisa determinou, ainda, que a empresa recolha o estoque encontrado no mercado. O medicamento é fabricado por Hipolabor Farmacêutica Ltda. A empresa será autuada por disponibilizar no mercado produto com desvio de qualidade.

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário

Deixe um comentário