Anvisa determina recolhimento de medicamentos à base de losartana — CRF-PA
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
25867
post-template-default,single,single-post,postid-25867,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,bridge-child,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive

Anvisa determina recolhimento de medicamentos à base de losartana

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou o recolhimento de uma série de lotes de medicamentos contendo o princípio ativo da losartana. A medida foi tomada de maneira preventiva por terem sido identificados a presença da impureza “azido” em concentração acima do limite de segurança aceitável.

A lista dos lotes que devem ser recolhidos está disponível aqui, bem como no site da prória anvisa. Os produtos devem ser retirados do mercado em até 120 dias.

Faz uso contínuo com losartana?

Quem faz uso contínuo de medicamentos com princípio ativo da losartana deve continuar o tratamento e procurar um farmacêutico para realizar a intercambialidade necessária e permitida.

A losartana é um dos anti-hipertensivos mais utilizados em casos de insuficiencia cardiáca no Brasil e o paciente pode e deve manter seu tratamento com a orientação de profissionais da saúde qualificados para garantir a assistência precisa.

Nenhum comentário

Deixe um comentário