Publicadas as novas DCNs do Curso de Graduação em Farmácia — CRF-PA
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
3263
post-template-default,single,single-post,postid-3263,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive
 

Publicadas as novas DCNs do Curso de Graduação em Farmácia

Publicadas as novas DCNs do Curso de Graduação em Farmácia

Mais uma vitória da profissão farmacêutica pode ser comemorada hoje, com a publicação, no Diário Oficial da União, da Resolução Nº 06/2017, de 19 de outubro de 2017, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CES/CNE). Junto com o Parecer CES/CNE nº 248/2017, publicado no Diário Oficial da União de quarta-feira, a resolução institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Farmácia (DCNs) – Leia, na íntegra, o teor do documento AQUI.

O presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João, destaca o fato de o CNE/CES ter acatado a proposta formulada pela profissão farmacêutica. “O texto foi elaborado em um processo de construção coletiva, democrático e transparente, que resultou de uma série de eventos promovidos pelo CFF, Abef, Enefar e demais entidades farmacêuticas, a partir de 2014”, observa. As novas DCNs contemplam, em seu bojo, quatro mil horas, com cinco anos de integralização e três eixos para a formação: Cuidado em Saúde (50%), Tecnologia e Inovação em Saúde (40%) e Gestão em Saúde (10%). Os estágios serão iniciados, no máximo, até o 3º semestre, e os cursos apenas poderão ser coordenados por farmacêutico.

“As novas DCNs são fruto de uma proposta dos farmacêuticos e estudantes de Farmácia para a profissão farmacêutica e a sociedade. Orgulhamo-nos da contribuição que pudemos dar para uma formação que certamente atenderá às necessidades contemporâneas de saúde da população, nos aspectos que envolvem as competências, habilidades e atitudes desses profissionais”, conclui Walter da Silva Jorge João. Ele parabeniza os farmacêuticos e às entidades farmacêuticas que participaram da elaboração do documento. “Muito obrigado ao CNE e, em especial ao Dr. Luiz Roberto Lisa Curi, a quem homenageamos com a Ordem do Mérito Farmacêutico Internacional no mês de setembro, por sua grande colaboração nesta empreitada”, agradece.

Fonte: CFF

Nenhum comentário

Deixe um comentário