Medley lança seu primeiro genérico de 2016 — CRF-PA
Acesse os serviços online em qulaquer lugar
Conselho regional de farmácia do Estado do Pará
3670
post-template-default,single,single-post,postid-3670,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive
 

Medley lança seu primeiro genérico de 2016

Medley lança seu primeiro genérico de 2016

A Medley, uma empresa do Grupo Sanofi, lançou o cloridrato de ciprofloxacino. O medicamento é um antibiótico e já está disponível para os pacientes em todo o Brasil, na concentração de 500 mg, com embalagem de 7 e 14 comprimidos revestidos.

O potencial de mercado do medicamento é significativo. De acordo com a consultoria IMS Health, o ciprofloxacino vende R$ 55 milhões por ano (dados relativos ao MAT. fevereiro 2016), o que representa um crescimento de 11% em unidades e vendas aproximadas de 576 mil unidades por mês. O cloridrato de ciprofloxacino da Medley tem preço até 18% menor que a concorrência.

“Este medicamento é o mais prescrito para a infecção urinária e torná-lo acessível aos nossos pacientes é o que nos move. Agora, o paciente tem uma opção de tratamento acessível, com a marca e a confiança da Medley”, comenta a diretora de Marketing Genéricos da Medley, Maria Claudia V. Pontes.

O ciprofloxacino é o primeiro lançamento de genéricos da companhia no ano e tem indicação para o tratamento de infecções complicadas e não complicadas nos seguintes casos: trato respiratório, otite média e sinusite, olhos, rins e/ou trato urinário eferente, órgãos genitais, cavidade abdominal, pele e tecidos moles, ossos e articulações, sepse e outros.

O medicamento também é indicado para casos de infecção ou risco eminente de infecção em pacientes com sistema imunológico comprometido, além do tratamento da exacerbação pulmonar aguda de fibrose cística em crianças, associada à infecção por bactérias.

Fonte: SEGS.com.br

Nenhum comentário

Deixe um comentário